Alexandre Curi

Projeto indicado por Curi leva primeiro lugar no prêmio Abril de Saúde

segunda-feira, 9/12/2013 @ 11:56AM

(Romi Oyama — Curitiba) O famoso teste do pezinho, já tão familiar nas famílias brasileiras, agora ganha mais uma vantagem. Com a mesma coleta, é possível detectar uma mutação genética responsável pelo desenvolvimento de um tipo de câncer em crianças, o tumor no córtex adrenal (TCA). Este tipo de tumor aparece na glândula adrenal, logo acima dos rins.

A pesquisa estava concorrendo ao Prêmio Abril de Saúde e levou o primeiro lugar. O artigo é intitulado “Ensaio de PCR-RFLP em DNA fixado em membrana: mais de cento e setenta e cinco mil exames em recém-nascidos e familiares para detectar a mutação TP53 R337H em portadores que podem desenvolver câncer”, de fato um nome bastante grande.

O estudo, realizado por médicos, biólogos e bioquímicos do Instituto de Pesquisa Pelé Pequeno Príncipe, Hospital e Faculdades Pequeno Príncipe, em Curitiba, e com a indicação do projeto pelo deputado Alexandre Curi, foi batizado de R337H, e aponta a alteração no DNA indicando se a criança tem predisposição à doença.

O estudo é pioneiro e teve a colaboração de um hospital norte-americano e um instituto de pesquisa francês, e considerou os altos índices de incidência do TCA na região Sul e Sudeste do Brasil. Em sete anos, foram testados 171.649 recém-nascidos no Paraná, dos quais 461 tiveram a alteração detectada. O prêmio foi entregue no dia 29 de novembro deste ano.

Fonte: gabinete Alexandre Curi

Postado em: Notícias
Tags: , , , ,

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!
Enviar uma resposta