Alexandre Curi

Construção de conjunto residencial em Ivaiporã chama atenção por economia “verde”

segunda-feira, 20/01/2014 @ 11:39AM

(Romi Oyama — Curitiba) Construção de 25 moradias no bairro Jardim Ouro Preto, em Ivaiporã, no Vale do Ivaí, prova  que é possível cumprir compromissos e preservar o meio ambiente. A obra, considerada limpa, possui destinação correta de resíduos sólidos e reaproveitamento de materiais, o que reduz os custos de construção e a torna “verde”. O aproveitamento correto de materiais gera melhor aplicação dos recursos disponibilizados.

O responsável pela obra sustentável é o mestre de obras Cezar Prestes. Ele que possui 30 anos de profissão diz que apenas aplicou no trabalho o conhecimento obtido num curso técnico em meio ambiente. Na obra é possível ver de longe a limpeza e organização. A prática deve virar exemplo para outras moradias que serão construídas, levando em consideração o sucesso da prática em Ivaiporã.

Na construção, comandada pelo mestre de obras, quase não há resíduos. O reaproveitamento se dá de diversas formas. Pregos são reutilizados ao menos três vezes, não há desperdício de cal, areia e madeira, que é cortada somente o que será utilizado. Segundo Prestes, apenas o cimento não pode ser reaproveitado. O exemplo deve virar modelo de responsabilidade social para demais obras do estado e da Cohapar.

Foto: Cohapar

Postado em: Notícias
Tags: , , , ,

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!
Enviar uma resposta